Quando um não quer, dois não brigam!


Já que estávamos decidindo por mais um cãozinho para fazer companhia ao intrépido Bento, este teria que ter um temperamento bem diferente. Na verdade, inteiramente diferente.

Bento é um cão dominante, na ninhada de seis filhotes, era ele o que primeiro se aventurava. Era o que ia mais longe, o que latiu primeiro, o que reinava entre os irmãos. De fato o mais intrépido e corajoso.

Na nova ninhada meu olhar recaiu sobre o mais tranquilo dos quatro filhotes. Ele ficava sempre por último, e também por baixo dos irmãos. Tropeçava nas próprias patas, e sua dona chegou a questionar se aquele filhote mais atrasadinho que os demais, era de fato "normal"...

Bonitinho ele era, e medroso, corria agora sempre atrás do Bento. E ante qualquer barulho maior, batia em retirada. E diante de Bento, Nino acatava as "ordens". Quando via Bento nervoso ele se escondia, quando Bento corria atrás dele, ele se enfiava numa moita. Diante de um possível confronto Nino virava de barriga para cima e desarmava o adversário!

Ele não gostava quando Bento avançava com uma mordida, então chorava e depois latia como quem reclamava dos maus tratos sofridos. Mas Bento foi se acostumando com sua presença, encontrou nele um amigo brincalhão, e percebeu que não tinha assim tantos motivos para ciúmes...

Agora eles correm pelo quintal, disputam a bolinha (adivinhem quem chega sempre primeiro na corrida pela bola? Bento, é claro!), roem muitos ossos de couro pela casa, e sempre que Bento está de alguma forma ameaçador, Nino já sabe como lidar com ele!

Então lembre-se dessa dica, diante de um confronto, não brigue, faça como Nino, e role de barriga para cima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cama não!!!

Um irmão para Bento